Quando a Tristeza Se Esconde Atrás De Um Sorriso

Você encontra um amigo que não está em seu melhor momento, pergunta-lhe como está e ele responde que “bem”, enquanto esboça um sorriso. Sem dúvida, você sabe que ele se encontra mal, que tem problemas e que muitas preocupações rondam sua mente. Você se dá conta de que seu sorriso é fingido, mas, ainda assim, aceita e muda de assunto.

Infelizmente, esta situação é bastante comum. Na verdade, todos nós tentamos, em algum momento, esconder a tristeza, o estresse e as preocupações por trás de um sorriso. No entanto, quando nos escondemos por trás de uma máscara de tranquilidade e satisfação, impedimos que as pessoas nos ajudem e é mais fácil para nós nos afundarmos na fossa da depressão.

Quando a depressão sorri…

 

Nós tendemos a pensar que a pessoa deprimida não pode levar uma vida normal, que fica apenas na cama e não consegue ir para o trabalho, que chora fácil e se arrasta ao caminhar, assumindo uma postura curvada que denota sua tristeza. No entanto, esta imagem é apenas um clichê, pois cada pessoa é um mundo e lida com a depressão de forma diferente. Na verdade, você sabia que aproximadamente 71% daqueles que sofrem de depressão tentam esconder isso?

Alguns estão deprimidos, mas conseguem ser funcionais e até mesmo animados em suas vidas diárias. São pessoas que carregam sua dor dentro de si e não a exteriorizam. Essa dor as consome lentamente, até que chega um momento em que elas desmoronam, porque não suportam mais o peso da máscara que construíram e usaram por meses ou até mesmo anos.

De fato, no campo da psicologia, existe o que é conhecido como “depressão sorridente”. Essa pessoa tem uma aparência de normalidade e até de felicidade, porque ela vive os sintomas da depressão dentro de si, e não os expressa, mas se esforça em escondê-la. Dessa forma, os outros podem achar que ela tem uma vida perfeita.

Por que a pessoa esconde sua depressão?

 

As causas são diversas, mas, em geral, o sorriso é equivalente a um mecanismo de defesa, uma máscara que serve para esconder um estado.

– A pessoa tem vergonha de seu problema. Não podemos esquecer que a maioria dos problemas mentais ainda está coberta por um estigma social, então muitas pessoas não querem que os outros saibam que estão deprimidos. De fato, a depressão em particular é considerada por alguns como falta de força de vontade e falha de caráter, então é compreensível que se você tiver esse preconceito, tente esconder sua depressão, considerando-a como um “defeito”.

– Não quer reconhecer a depressão. Em alguns casos, a pessoa não quer reconhecer sua condição e esconde-se atrás de uma aparência de normalidade, talvez esperando que a depressão desapareça por conta própria. Nesses casos, ocorre uma negação e o sorriso é um mecanismo de autoafirmação, pelo qual ela diz a si mesma que não é para tanto, que, na realidade, ela se sente bem.

– Não quer preocupar os demais. Algumas pessoas tendem a manter problemas para si mesmas, são introvertidas por natureza e não querem preocupar seus entes queridos com suas dificuldades. Nesses casos, elas fingem estar bem para não se tornar um fardo ou uma preocupação para os outros.

– Preocupam-se muito com sua imagem. Há pessoas que pensam que os outros a valorizam e estimam apenas por causa da imagem que transmitem. Por isso, tentam fingir que está tudo bem, esconder a depressão e seu verdadeiro “eu”, tornando-se personagens que encenam todos os dias no palco de um teatro.

Mas a vida não é um teatro…. e um dia o palco desaba….

 

Fonte:  rinconpsicologia

#PssicanalistaAlessanderCapalbo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *